Como Compilar seus programas com CMake

O CMake tem sido bastante adotado pelo fato de ser multiplataforma e fácil de usar.


Como Compilar seus programas com CMake

Nós já mostramos aqui um Tutorial Definitivo do GNU Autotools para Iniciantes bem como, um outro tutorial também de Como Criar um Makefile.

Mas o CMake tem sido bastante adotado pela comunidade/empresas pelo fato de ser multiplataforma e pelo fato de ser muito fácil de usar.

Introdução

CMake é um sistema multiplataforma para realizar geração automatizada. É comparável com o programa Unix Make no qual o processo de geração é, ao final, controlado pelos arquivos de configuração, no caso do CMake chamados de arquivos CMakeLists.txt.

Diferente de Make, ele não gera diretamente o software final, mas em vez disso gera arquivos de geração padrões (por exemplo, makefiles em Unix e projetos/espaços de trabalho no Visual C++ no Windows) os quais são usados de modo comum.

Isto permite que desenvolvedores familiarizados com um ambiente de desenvolvimento particular (tal como as várias IDEs) utilizem-o no modo padrão. É esta utilização do ambiente de geração nativo que distingue CMake dos outros sistemas mais conhecidos como o SCons.

O nome “CMake” é uma abreviação de “cross plataform make”, ou em português make multiplataforma.

Instalação

Para instalar o CMake use o gerenciador de pacotes da sua distribuição, exemplos:

Lembrando que você precisa também possuir um compilador instalado, exemplo:gcc/g++

sudo apt install cmake # Debian, Ubuntu, Linux Mint,...
sudo dnf install cmake # Fedora
sudo pacman -S cmake # Arch Linux, Manjaro,...

No Gentoo, Funtoo e similares, não precisa instalar, pois o CMake já é nativo desses sistemas.

Exemplo básico

Supondo que você possui o seguinte arquivo:

Exemplo de construção de um código em C++

// main.cpp
#include <iostream>
int main(int argc, char** argv){
    std::cout << "Exemplo para teste com CMake" << std::endl;
    return 0;
}

Logicamente você poderia compilar com o GCC, the GNU Compiler Collection rodando o comando: g++ main.cpp -o myexample .

No entanto, para usar o CMake você primeiramente precisa criar um arquivo de nome: CMakeLists.txt: vim CMakeLists.txt(necessário escrever dessa forma, respeitando as letras em minúsculas e maiúsculas).

Dentro desse arquivo(para esse exemplo básico, e que serve até para projetos maiores) você precisará incluir 3 linhas:

  • A primeira linha você vai informar a versão do seu CMake: cmake_minimum_required(VERSION 3.10) , consulte a versão que você possui para informá-la ou mesmo uma inferior a ela: cmake --version.
  • Na segunda linha você deve informar o nome do seu projeto, exemplo: project(MeuExemplo)
  • E na terceira linha informe o nome do binário final e do arquivo: add_executable(myexample main.cpp)

    (se houver mais de um arquivo, exemplo se fosse diretamente pelo g++: g++ main.cpp outro.cpp -o binario) , no CMakeLists seria: add_executable(binario main.cpp outro.cpp) , assim como diretamente pelo compilador não precisa informar as bibliotecas(.h. .hh) , pois já fazem parte do includes, a não ser que não esteja.

// CMakeLists.txt
cmake_minimum_required(VERSION 3.10)
project(MeuExemplo)
add_executable(myexample main.cpp)

Após isso, basta criar um diretório os ficarão os arquivos do CMake e executar o comando cmake:

Crie um diretório separado para ficar tudo organizado e em seguida execute o cmake apontando para o diretório imediatamente anterior “..

mkdir build && cd build
cmake ..

Isso gerou diversos arquivos de verificação do CMake e também o Makefile , agora basta compilar e testar o binário final:

make
./myexample

A saída será similar à imagem abaixo:

Exemplo do CMake

Mais informações

Existem mais coisas que você pode fazer dentro do CMakeLists.txt , como: controle de versão de projeto, binários, condições e entre outros, mas em resumo ele se resume à isso demonstrado aqui.

Caso você tenha interesse em saber mais, recomendo você ler o tutorial do próprio CMake clicando aqui


cmake cpp linguagemc compiladores gcc llvm clang make


Compartilhe


Nosso canal no Youtube

Inscreva-se


Marcos Oliveira

Marcos Oliveira

Desenvolvedor de software
https://github.com/terroo

Artigos Relacionados




Pacote Promocional com Todos os Cursos

Adquira todos os cursos para se tornar um ninja do Terminal e do Linux.

Mais detalhes

Receba as novidades no seu e-mail!

Após cadastro e confirmação do e-mail, enviaremos semanalmente resumos e também sempre que houver novidades por aqui para que você mantenha-se atualizado!


caso queira entrar em contato conosco, envie-nos um e-mail.