As Melhores Distros GNU/LINUX para PCs ANTIGOS

Se você está tentando escolher um Linux para aquele seu computador antigo.


As Melhores Distros GNU/LINUX para PCs ANTIGOS

Se você está tentando escolher um Linux para aquele seu computador antigo que você deseja recuperá-lo, ou até mesmo para qualquer outra situação, esse artigo pode lhe ajudar, veja a lista abaixo, com informações detalhadas de cada uma distro, que podem lhe auxiliar ainda mais na sua escolha.

Segue!

Atualizada de acordo com a: Contribuição da comunidade

Bodhi Linux

Bodhi Linux

Site oficial: https://www.bodhilinux.com/


Q4OS Trinity

Q4OS

Site oficial: https://q4os.org/


SparkyLinux

SparkyLinux

Site oficial: https://sparkylinux.org/


antiX Linux

antiX

Site oficial: https://antixlinux.com/


Original de acordo com o vídeo: As 6 Melhores Distros GNU/LINUX para PCs ANTIGOS


06. Parabola GNU/Linux-libre

Parabola GNU/Linux-libre

Parabola GNU/Linux-libre é um projeto de software livre que tem como objetivo fornecer uma versão do Arch Linux completamente livre, com pacotes otimizados para 32-bit, 64-bit e mips64. Parabola pretende que as ferramentas de sua gestão e os pacotes sejam simples, e o controle total do sistema seja feito com aplicações 100% livres.

Parabola GNU/Linux-libre é listado pela Free Software Foundation como um sistema operacional totalmente livre.

  • Site oficial: https://www.parabola.nu/
  • Shell padrão: Bash
  • Interface padrão: LXDE
  • Utiliza o kernel Linux-libre em vez de Linux
  • Gerenciador de pacotes: pacman
  • Origem: Chile
  • Desenvolvido por: Hackers do Parabola
  • Versão atual: Rolling Release
  • Posição atual na DistroWatch: 118°
  • Sistema de inicialização: OpenRC ou SystemD, opção do usuário, a diferença é que o SystemD está disponível somente para a arquitetura: 64-bit

05. Hyperbola GNU/Linux-libre

Hyperbola GNU/Linux-libre

Hyperbola GNU/Linux-libre é um sistema operacional que funciona nas plataformas i686 and x86-64. Ele é baseado nos snapshots da Arch e também se baseia no desenvolvimento e segurança do Debian.

Inclui todos os programas e ferramentas do sistema operacional GNU e o núcleo do Linux-libre ao invés do núcleo genérico do Linux. Hyperbola GNU/Linux-libre foi listado pela Free Software Foundation por ser um sistema operacional completamente livre, fiel às suas diretrizes Free System Distribution Guidelines (que traduzida significa Diretrizes para Distribuições de Sistemas Livres).

Diferente da Arch, Hyperbola usa o modelo de suporte de longo prazo como Debian. Hyperbola nasceu na 17ª edição do evento, Fórum Internacional de Software Livre, realizado em Porto Alegre, Brasil. No dia 6 de dezembro de 2018, Hyperbola foi a primeira distribuição Brasileira reconhecida como projeto completamente livre pela GNU, tornando-se parte da lista de distribuições livres da FSF.

  • Site oficial: https://www.hyperbola.info/
  • Shell padrão: Bash
  • Interface padrão: i3wm(versão GNU)
  • Versão atual: Milky Way
  • Utiliza o kernel Linux-libre(nessa versão)
  • Gerenciador de pacotes: pacman
  • Origem: Brasil
  • Desenvolvido por: 5 brasileiros e 1 estadunidense
  • Posição atual na DistroWatch: 131°
  • Sistema de inicialização: OpenRC , apoiando a campanha Init Freedom (que traduzida significa Liberdade da Inicialização), criada pelo distro Devuan.

Em dezembro de 2019 o Hyperbola anunciou no seu site que migrará seu Kernel para o OpenBSD, abandonando completamente o Linux, por conta do suporte nativo ao DRM e outros. E seu nome será alterado para HyperbolaBSD, além de abandonar o Xorg e utilizar o Xenocara, que é a infraestrutura de construção do OpenBSD.


04. CrunchBang++

Crunchbang Plus Plus

O Crunchbang Plus Plus é uma distribuição Linux baseada em Debian GNU/Linux, criada por e desenvolvida com o objetivo de oferecer um sistema tanto rápido quanto funcional. Um projeto similar ao CrunchBang++ é a distro BunsenLabs.

  • Site oficial: https://crunchbangplusplus.org/
  • Shell padrão: Bash
  • Interface padrão: Openbox
  • Versão atual: 10
  • Utiliza o kernel Linux
  • Gerenciador de pacotes: DPKG/APT
  • Origem: Reino Unido
  • Desenvolvido por: Phillip Newborough(quando era somente CrunchBang), Ben Young e Neal Fultz
  • Posição atual na DistroWatch: NÃO INFORMADA
  • Sistema de inicialização: SystemD.


03. Puppy Linux

Puppy Linux

Puppy Linux é uma distribuição iniciada em 2003 . O Puppy é muito pequeno, e desenvolvido para ser seguro, fácil de usar e completamente customizável. Todo o sistema operacional e todos os outros aplicativos rodam da memória RAM. Há ainda a possibilidade de se adicionar aplicações com a ferramenta Setup. A distribuição foi desenvolvida do zero, não sendo baseada em nenhuma outra distribuição.

  • Site oficial: http://puppylinux.com/
  • Shell padrão: Bash
  • Interface padrão: JWM
  • Versão atual: 8.0
  • Utiliza o kernel Linux
  • Gerenciador de pacotes: PetGet
  • Origem: Australia
  • Desenvolvido por: Barry Kauler e outros (Larry Short, Mick Amadio and Puppy community)
  • Posição atual na DistroWatch: 23°
  • Sistema de inicialização: SysV

02. Trisquel GNU/Linux

Trisquel GNU/Linux

Trisquel é uma distribuição Linux, derivada do Ubuntu. O projeto visa um sistema de software totalmente gratuito sem software ou firmware proprietário e usa uma versão do kernel modificado do Ubuntu com blobs binários removido. Trisquel depende de doações de usuários. Seu logotipo é um triskelion, um símbolo celta. Trisquel é listado pela Free Software Foundation como uma distribuição que contém apenas software livre.

  • Site oficial: https://trisquel.info/
  • Shell padrão: Bash
  • Interface padrão: MATE
  • Versão atual:8.0
  • Utiliza o kernel Linux-libre(monolítico)
  • Gerenciador de pacotes: DPKG/APT
  • Origem: Espanha
  • Desenvolvido por: 4 membros
  • Posição atual na DistroWatch: 86°
  • Sistema de inicialização: Atualmente SystemD, mas há alguns estudos em andamento para mudança.

01. Lubuntu

Lubuntu

Lubuntu é um projeto derivado da distribuição Linux Ubuntu que utiliza o ambiente de desktop LXQt . Seu diferencial está em seu desenvolvimento, que foca computadores e notebooks antigos, com menos de 512 MB de RAM.

O Lubuntu é voltado para ambientes com baixos requisitos de sistema e pouca memória RAM como netbooks, dispositivos móveis e PCs mais antigos e lentos. Testes mostram que ele pode usar metade da quantidade de memória RAM do Xubuntu, tornando-o uma opção atraente para instalação em hardwares mais antigos, como computadores reformados para distribuição de caridade.

Em fevereiro de 2009, Mark Shuttleworth fez um convite aos integrantes do projeto LXDE a se juntarem a comunidade Ubuntu, o objetivo foi de conceder suporte ao ambiente e dedicarem oficialmente uma nova derivação do Ubuntu a ser chamada Lubuntu.

  • Site oficial: https://lubuntu.me/
  • Shell padrão: Bash
  • Interface padrão: LXQT, usava anteriormente o LXDE
  • Versão atual: 19.10
  • Utiliza o kernel Linux
  • Gerenciador de pacotes: DPKG/APT
  • Origem: Estados Unidos
  • Desenvolvido por: Lubuntu Community e LXDE Foundation
  • Posição atual na DistroWatch: 33°
  • Sistema de inicialização: Atualmente SystemD, mas há alguns estudos em andamento para mudança.

Caso você tenha alguma que você acredita que deveria estar nessa lista, comente no vídeo abaixo relacionado à essa postagem, para que possamos atualizar esse artigo.

Assista ao vídeo


gnu linux distros


Compartilhe


Nosso canal no Youtube

Inscreva-se


Marcos Oliveira

Marcos Oliveira

Desenvolvedor de software
https://github.com/terroo

Artigos Relacionados




Pacote Promocional com Todos os Cursos

Adquira todos os cursos para se tornar um ninja do Terminal e do Linux.

Mais detalhes

Receba as novidades no seu e-mail!

Após cadastro e confirmação do e-mail, enviaremos semanalmente resumos e também sempre que houver novidades por aqui para que você mantenha-se atualizado!


caso queira entrar em contato conosco, envie-nos um e-mail.