2FA-Auth - Gerando códigos 2FA em seu terminal

Gerando códigos/token 2FA no terminal do GNU/Linux


2FA-Auth, script amigavel para gerar códigos/tokens 2FA no terminal

Quando se fala em autenticação, temos alguns meios de acessar um computador ou conta. Um deles é o tradicional método de credenciais (usuário e senha), além dos meios complementares de segurança, como a autenticação de dois fatores (“two-factor authentication” ou 2fa). Tal método gera tokens (códigos aleatórios de 6 dígitos) que permite ter uma segurança maior ao realizar um acesso em contas, serviços ou computadores. E esta postagem trata exatamente sobre este assunto: gerar tokens de autenticação de 2 fatores, porém usando seu terminal.

Introdução

O projeto 2FA-Auth tem o seguinte objetivo: usar o terminal e facilitar a criação dos tokens/código de acesso para as contas que utilizem autenticação de dois fatores.

Bom, você deve esta se perguntando: “Qual a função do 2FA-Auth?” O 2FA-Auth surgiu como um método fácil e amigável de se utilizar o OATHTOOL (gerador de token), além de ter outras funções (como pode ser visto na tela do menu principal).

Menu principal

Pré-requisitos (dependências)

Para que você consiga utilizar o “2FA-Auth”, primeiramente, instale os programas a seguir:

sudo apt install git gnupg2 oathtool # Distribuições baseadas no Debian
sudo dnf install git gnupg2 oathtool # Distibuições baseadas no RedHat.
sudo zypper in git gpg oath-tool # Distribuições baseadas em SUSE/openSUSE

Download e utilização

Com o programa GIT, faça o clone (download) do projeto 2FA-Auth.

git clone https://github.com/alencc1986/2FA-Auth.git

Após a conclusão do download, rode o script:

cd /caminho/para/2FA-Auth/
./2FA-Auth.sh

Na primeira vez que você estiver executando o 2FA-Auth, o script verificará se o sistema está OK (2FA-Auth verifica se as dependências foram instaladas, inclusive se você tem chaves GnuPG em seu perfil).

Caso exista algum problema, uma mensagem de erro é exibida e o 2FA-Auth deixa de rodar. Porém, se estiver tudo certo, uma mensagem é exibida com uma lista de todas a chaves GnuPG disponíveis em seu perfil.

No caso de você possuir mais de 1 chave GnuPG, escolha uma de suas chaves e utilize as IDs (UserID e KeyID) para informar que chave dever ser utilizada na criptografia e decriptografia de informações referentes aos tokens.

Para maiores informações e aprendizado, leia os arquivos “README” e “doc/How_to_use_2FA-Auth.pdf”.

Compartilhe

Vinicius de Alencar

Autor
Vinicius de Alencar
Desenvolvedor de Software
https://github.com/alencc1986/

Pacote Promocional com Todos os Cursos

Adquira todos os cursos para se tornar um ninja do Terminal e do Linux.

Artigos Relacionados



Comentários