Muitas pessoas, quando precisam fazer aplicações mais complexas e que utilizem banco de dados, optam por uma linguagem de programação diferente de Shell Script. Muitas delas não compreendem o poder de um script em shell e/ou desconhecem a linguagem interpretada contida nele.

Este vídeo se propõe a mostrar como podemos integrar Shell Script com banco de dados. Nos exemplos usaremos o MySQL, devido ao fato dele ser GPL, fácil e rápido. Mas a idéia central abordada neste texto pode ser aplicada também a outros bancos de dados.