Nano Editor Blog Linux

Nano é um editor que deve ser executado a partir de um terminal, e se concentra em simplicidade. Nano é um clone do antigo editor de texto Pico, o editor para o cliente de e-mail Pine, que foi muito popular lá pelos anos 90, em UNIX e sistemas do tipo UNIX. O Pine foi substituído pelo Alpine e o Pico pelo Nano, mas algumas coisas não mudaram - assim como a simplicidade de edição com o Nano.

Caso você não possua o Nano, utilize o seu gerenciador de pacotes para instalar, ele está na maioria dos repositórios da Distros

apt-get install nano

Nano foi criado em 1999 com o nome de “TIP” (uma sigla, um acrônimo recursivo que significa “TIP Isn’t Pine”, ou “TIP não é o Pine”) por Chris Allagretta. Allagretta decidiu criar este clone do Pico porque o programa não foi liberado sob a GPL. O nome foi mudado oficialmente em 10 de janeiro de 2000 para diminuir a confusão entre o novo editor e o comando “tip” (o comando “tip” é comum em Sun Solaris).

Nano usa combinações muito simples de teclas para trabalhar com arquivos. Um arquivo é aberto ou iniciado com o comando

nano 

Veja uma imagem de terminal rodando o Nano: Blog Linux

Quando o arquivo estiver aberto no Nano, você verá uma pequena lista de exemplos de comando na parte inferior da janela do terminal. Veja na figura Blog Linux Todas as combinações de teclas para Nano começam com a tecla CTRL. Para executar um comando você deve manter a tecla CTRL pressionada e clicar na segunda tecla para executar a ação.

As combinações mais comuns para Nano são

CTRL+X => Sai do editor.

CTRL+O => Salva o arquivo.

CTRL+R => Ler um arquivo em seu arquivo de trabalho atual.

CTRL+C => Mostra a posição atual do cursor.

CTRL+K => ‘recorta’ o texto.

CTRL+U => ‘cola’ o texto.

CTRL+S => Salva o arquivo e continua trabalhando.

CTRL+T => verifica a ortografia do seu texto.

CTRL+W => faz uma busca no texto.

CTRL+A => leva o cursor para o início da linha.

CTRL+E => leva o cursor para o fim da linha.

CTRL+G => mostra a ajuda do Nano.

CTRL+/ => e depois insira o n° da linha que deseja ir.

Abrir o arquivo.txt já na linha 20

nano +20 arquivo.txt

Abrir 3 arquivos de texto de uma só vez

nano arq1 arq2 arq3

Abrir um arquivo em modo somente-leitura

nano -v arq1

Ir para uma linha e coluna específicas com o arquivo já aberto(O número da coluna é opcional.)

Alt + g <número da linha, [número da coluna]>

Levar o cursor para o início e para o final do documento

Para o início: Alt + \


Para o final: Alt + /

Primeiramente, posicione o cursor no local a partir de onde o texto desejado será selecionado (a seleção pode ser feita tanto para frente quanto para trás)

Pressionar a combinação de teclas Alt + A para ativar a marcação de textos (modo de seleção)

Efetuar a seleção usando as setas de direção do teclado.

Após selecionar o texto desejado como mostrado no item anterior, pressione agora a combinação de teclas Alt + 6 para copiar o conteúdo selecionado para o buffer de transferência.

Para colar o texto em outro local dentro do arquivo, posicione o cursor no destino e use a combinação Ctrl + U

Mais algumas opções do comando

Existem muitos mais comandos para usar no Nano.

Use o manual do Nano

man nano

Blog Linux

http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Introducao-ao-Linux-O-editor-de-texto-Nano http://www.bosontreinamentos.com.br/linux/15-exemplos-de-uso-do-editor-de-textos-nano-no-linux/ http://www.uniriotec.br/~morganna/guia/nano.html