X Window System

X Window System, X-Window, X11 ou simplesmente X é um software de sistema e um protocolo que fornece uma base para interfaces gráficas de usuário (com o conceito de janelas) e funcionalidade rica de dispositivos de entrada para redes de computadores. Ele cria uma camada de abstração de hardware onde o software é escrito para usar um conjunto generalizado de comandos, permitindo a independência de dispositivo e reutilização programas em qualquer computador que implemente o X.

Originalmente chamado simplesmente de X, foi desenvolvido no MIT em 1984. Atualmente está na versão 11, publicada em setembro de 1987, e por isso carrega no nome este número. X-Window é o toolkit e protocolo padrão para GUI nos sistemas Unix e assemelhados, como o Linux, mas existem versões para outros sistemas operacionais, como o Microsoft Windows e o Mac OS , por exemplo.

Configurando o X no Debian

dpkg-reconfigure xserver-xorg

Iniciar o X (caso a inicialização seja em modo texto)

startx

O script de arranque para os daemons de gestão de ecrã verifica o conteúdo do ficheiro

mesmo antes de executar os próprios. Isto assegura que se tem apenas um programa daemon de gestor de ecrã X activado.

/etc/X11/default-display-manager

Essencialmente, todos estes programas executam o script

/etc/X11/Xsession

Então o script “/etc/X11/Xsession” executa run-parts(8) como acção para executar os scripts no directório “/etc/X11/Xsession.d/”. Isto é essencialmente uma execução de um primeiro programa o qual é encontrado na seguinte ordem com o comando embutido exec.

Se estiverem definidos os comandos. O comando

/usr/bin/x-session-manager
/usr/bin/x-window-manager
/usr/bin/x-terminal-emulator

Veja um vídeo sobre X Window System

Para mais informações sobre o X no Debian, consulte

http://www.debian.org/doc/manuals/debian-reference/ch07.pt.html